Dicas

26/06/2017 - Lavadoras de alta pressão JactoClean facilitam a limpeza doméstica

Algumas dicas podem tornar mais rápida, eficiente, econômica e segura a lavagem de diversos ambiente, facilitando o dia a dia de quem trabalha e ainda cuida da casa

Em tempos modernos, em que há dificuldades para se encontrar e manter um trabalhador doméstico, a tendência é que as pessoas passem a cuidar mais de suas próprias casas. Para isso, o uso de eletroportáteis, como lavadoras de alta pressão da JactoClean – referência nacional em equipamentos para serviços de limpeza –, pode auxiliar nesta tarefa e facilitar a limpeza de diversos ambientes.

O diretor geral da JactoClean, Antonio Luis Francisco (PJ), destaca a economia de água proporcionada como a principal vantagem das lavadoras de alta pressão, que chega a oito vezes se comparada ao consumo por meio de torneira comum. “Os valores economizados com recursos hídricos são até superiores aos gastos com energia elétrica”, observa.

A eficiência proporcionada pelo equipamento, uma vez que limpa sem a necessidade de esfregar, em um menor tempo, economizando água e produtos químicos é outro benefício, que fica mais evidente na eliminação de sujeiras profundas e incrustadas, em que mangueiras, baldes ou vassouras sempre significam esforço extra e resultados reduzidos.

A frequência com que a lavadora deve ser utilizada dependerá do local e de quanto a residência está sujeita a variados tipos de resíduos. No entanto, para áreas internas ou externas, alguns cuidados devem ser tomados na hora da lavagem.


Áreas críticas
Algumas áreas podem exigir maior esforço na hora da limpeza. Para a garagem, que comumente recebe resíduos de graxa e óleo que aderem ao piso, e a churrasqueira, que acumula gordura, a JactoClean recomenda que a lavagem seja feita com o uso de detergente biodegradável para que a remoção da sujeira seja potencializada.

As lavadoras de alta pressão são eficientes, ainda, na limpeza de pedras naturais, que ornamentam pisos, muros e paredes, com ótimos resultados. “Esse tipo de pedra, em geral, acumula poeira e limo que não são retirados com uma simples lavagem. A pressão do jato faz toda a diferença na limpeza destes materiais”, comenta o executivo da JactoClean.

A recomendação é que jamais se use o jato concentrado neste tipo de lavagem, assim como em rejuntes utilizados em revestimentos cerâmicos. Para estas situações, deve-se adequar o jato leque, conforme o tipo e a qualidade da superfície, para que a pressão da água não danifique as instalações.

Em casos mais extremos de ocorrência de lodo, pode ser necessária a aplicação prévia de uma solução de água com produtos químicos específicos para uma pré-limpeza, tornando a ação da lavadora ainda mais potente.


Outros cuidados para uma limpeza segura
As intempéries e a poluição são danosas, também, às esquadrias metálicas, que ao longo do tempo podem sofrer oxidação. Porém, para lavá-las são necessários cuidados para que a massa de fixação dos vidros não seja removida. A JactoClean informa que jamais se deve usar o jato concentrado neste tipo de lavagem.

Independentemente da área a ser limpa, outras dicas são importantes: as tomadas e interruptores devem ser protegidos com tampões plásticos contra a entrada de água. Deve-se atentar para a voltagem do produto e das instalações e manter o jato de água a uma distância adequada do alvo – em média, a 20 cm de distância -, reduzindo, assim, o tempo necessário para a limpeza.

E para garantir a segurança durante o manuseio, a JactoClean recomenda: observe se a mangueira não está dobrada ou em contato com superfícies cortantes; desligue a máquina assim que a lavagem for interrompida; use calçado com sola de borracha e não toque o plugue ou a tomada com pés ou mãos molhados; jamais direcione o jato a pessoas ou animais; e nunca  permita que as crianças façam uso do equipamento.